PROJETO ARQTRIP FAAO

Viajar para os mais jovens é parte de sua educação; para mais velhos é parte de sua experiência (Francis Bacon). É com esse pensamento que o Curso de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade da Amazônia Ocidental – FAAO criou o projeto de Viagem de Estudos ArqTrip FAAO.
Em sua terceira edição, o evento de 2018 contou com a participação de 38 acadêmicos e 3 professores e proporcionou aos alunos do 4º ano (disciplina de Arquitetura e Urbanismo Modernos e Contemporâneos) e 3º ano (disciplinas de Planejamento Urbano, Projeto Arquitetônico III e Projeto Urbano), o contato com algumas das obras mais icônicas da arquitetura. Estas vivências e a aplicação prática dos conteúdos aprendidos em sala de aula, onde os mesmos puderam visualizar e conhecer importantes referências da arquitetura brasileira, além da troca de experiências e conhecimentos, é de grande importância para a formação de um egresso capaz de atuar em qualquer lugar do Brasil.

Hoje, apenas as grandes instituições de ensino superior realizam projetos semelhantes. A FAAO é pioneira em nossa região com a realização dessa modalidade de atividade.
Nesta edição do evento, a cidade escolhida foi Curitiba, capital do estado do Paraná, referência nacional em planejamento urbano, qualidade de transporte coletivo, também conta com elevada posição nos indicadores de educação, menor taxa de analfabetismo e a melhor qualidade na educação básica entre as capitais. Em uma recente pesquisa publicada pela revista Forbes, Curitiba foi citada como a terceira cidade mais sagaz do mundo, que considera esperta a cidade que se preocupa, de forma conjunta, em ser ecologicamente sustentável, com qualidade de vida, boa infraestrutura e dinamismo econômico e também recebeu a classificação de cidade autossuficiente por parte do Globalization and World Cities Study Group & Network (GaWC).

Foram sete dias de intensas atividades e visitas guiadas. Como destaques, tivemos os principais parques urbanos da cidade: Jardim Botânico, Parque Tangua, Parque Tingui, Parque Barigui, além dos espaços da Opera de Arame, Museu Oscar Niemeyer, Universidade Livre Do Meio Ambiente, a caminhada pelo Centro Cívico e histórico de Curitiba, visita ao escritório do Arquiteto e Urbanista Marcos Bertoldi e estádio do Atlético Paranaense, onde os acadêmicos puderam conhecer a estrutura e funcionamento de uma dos mais modernos estádio da América Latina.
Além da capital o roteiro se estendeu pelas cidades históricas de Morretes, Centro Cultural de Castrolanda, Parque Histórico de Carambeí e visita técnica a fábrica INCEPA em Campo Largo.
Ainda como parte do projeto e apresentação dos resultados, estaremos realizando um encontro para debate sobre os conhecimentos e experiencias adquiridas e um concurso de fotografia arquitetônica entre os acadêmicos que participaram da viagem de estudos.
“Devemos aprender que o que importa não é o lugar que estamos visitando e sim todo conhecimento que se traz de volta.”