FAAO - Faculdade da Amazonia Ocidental

I Conexão Jurídica e Notarial na Prática reúne centenas de alunos e convidados

A I Conexão Jurídica e Notarial na Prática, com o tema “Segurança Pública, Direitos Humanos e Meio Ambiente em Perspectiva”, aconteceu nesta sexta-feira (21) na Faculdade da Amazônia Ocidental (FAAO), com diversos palestrantes da área jurídica.

O ciclo de palestras organizado pelo curso em Gestão de Serviços Jurídicos e Notariais, que aconteceu no Teatro Sara Assef, recebeu três sumidades importantes que abordaram temáticas inerentes à proposta, que são: o ex-delegado de Polícia Federal e conferencista, Mauro Sposito – de Manaus; o advogado agrarista e conferencista, Antonio Carlos Carbone; o advogado criminalista, docente da FAAO e mestrando em Direito, Francisco Silvano Rodrigues Santiago; e a advogada ambientalista, docente e coordenadora do Curso em Gestão de Serviços Jurídicos e Notariais da FAAO, mestranda em Direito pela UNIMAR e Presidente da Comissão de Direito Ambiental da Associação Brasileira de Advogados do Brasil no Acre (ABA/AC), Tatiana Alves Carbone.

De acordo com Mauro Sposito, que fez uma explanação sobre a criminalidade organizada no contexto amazônico, a proposta orienta estudantes, profissionais atuantes e outros públicos interessados, sobre o perigo que há nos crimes que devastam a área que habitamos. 

“O tráfico de drogas é o principal crime que precisamos enfrentar, enquanto sociedade civil, para obtermos um Brasil rico, sem violência ou criminalidade. Quando compreendemos a realidade e discutimos sobre as possíveis saídas, conseguimos avançar. O conhecimento pode mudar muita coisa”, explicou.

Do evento, também participaram os professores da FAAO, a vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (Seccional Acre), Marina Belandi, a presidente da Comissão de Regularização Fundiária da Associação Brasileira de Advogados no Acre – ABA, Ana Carolina Brito, o representante do Ministério Público do Acre, Ubirajara Albuquerque, e a coordenadora acadêmica da FAAO, Andrea Gastaldi, que compuseram a mesa de honra. 

Para a professora Tatiana, idealizadora do evento, que falou sobre a Agenda 2030, a ação repercute temas que são importantes para o profissional da área e para o público em geral, em especial o desenvolvimento sustentável como caminho para o sucesso. 

“É nessa pluralidade de temas que encontramos o desdobramento de vários pontos que devem ser de conhecimento dos estudantes, profissionais e outros participantes que estiveram presentes. A I Conexão Jurídica e Notarial na Prática reúne aspectos jurídicos, sociais, ambientais e de segurança”, salientou. 

Confira os registros: