FAAO - Faculdade da Amaznia Ocidental

Coordenador: Professor Anderson Santos Fernandes

Modalidade: Semestral

Atos Legais:

Autorização – Portaria MEC n° 145, de 24/02/2014, publicada em 25/02/2014.

Reconhecimento – PORTARIA MEC N° 98 DE 15/02/2018, publicada em 16/02/2018.

Carga Horária: 3.060 horas.

Tempo de Integralização: Mínimo de 04 anos e Máximo de 07 anos.

Turno: Vespertino e Noturno.

Módulo: 200 dias letivos por ano

Número de vagas anuais: 100

Dimensão das turmas: Média de 23 alunos

Objetivo do Curso:

OBJETIVO GERAL

Formar profissionais qualificados para o exercício das atividades pertinentes à Análise e Desenvolvimento de Sistemas, aptos a informatizar e modenizar setores os mais diversos, com vistas a empreender às mudanças sociais e à evolução tecnológica possibilitando assim, o desenvolvimento de projetos de sistemas com aplicação de ferramentas automatizadas, linguagens de programação, banco de dados e métodos e técnicas de engenharia de software.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Preparar profissionais dotados de conhecimentos relacionados ao desenvolvimento de projetos de sistemas com aplicação de ferramentas automatizadas, linguagens de programação, banco de dados e métodos e técnicas de engenharia de software, suas divisões e processos de correção e que em seus aspectos gerais e especiais, de forma a desempenhar as atribuições necessárias ao bom desenvolvimento das atividades mercadológicas em geral.

Qualificar os alunos para assumirem suas atribuições e deveres éticos e sociais como colaboradores de instituições responsáveis por atividades nas áreas de informática, aptos e responsáveis.

Favorecer ou criar condições para que os discentes construam a consciência da importância que o exercício de suas atividades profissionais tem como condição de possibilidade de realização e exercício da cidadania.

Perfil do Profissional:

O Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas visa formar profissionais capazes de executar serviços de suporte e apoio técnico-administrativo a escritórios, recursos humanos, departamentos administrativos, públicos e privados gerenciando arquivos de processos e de documentos técnicos, físicos e eletrônicos, de forma sistêmica e inovadora além de prestar um atendimento célere e de qualidade ao público e, executar com qualidade procedimentos técnicos e administrativos inerentes à sua função.

Espera-se ainda que o Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas obtenha competências e habilidades para planejar, implementar, administrar, gerenciar e aprimorar com técnica e tecnologia o desenvolvimento de sistemas, assumindo ação empreendedora e inovadora com consciência de seu papel social, tendo em vista que a formação de um profissional neste âmbito não se caracteriza apenas pela aquisição de conhecimentos técnicos, mas também pela formação humanística e empreendedora do egresso.

Matriz Curricular

 

1º Período

Componente Curricular

Carga Horária Anual

Créditos

Algoritmos e Linguagem de Programação I

72 h/a

4

Análise de Sistemas

72 h/a

4

Informática

72 h/a

4

Comunicação e Expressão

72 h/a

4

Matemática

72 h/a

4

Arquitetura e Organização de Computadores

72 h/a

4

TOTAL

432 h/a

24

 

 

2º Período

Componente Curricular

Carga Horária Anual

Créditos

Recursos Multimídia

72 h/a

4

Algoritmos e Linguagem de Programação II

72 h/a

4

Banco de Dados I

72 h/a

4

Introdução a Programação Orientada a Objetos I

72 h/a

4

Sistemas Operacionais

72 h/a

4

TOTAL

360 h/a

20

 

 

3º Período

Componente Curricular

Carga Horária Anual

Créditos

Banco de Dados II

72 h/a

4

Estrutura de Dados

72 h/a

4

Inglês Instrumental

72 h/a

4

Programação Orientada a Objetos II

72 h/a

4

Empreendedorismo e Inovação

72 h/a

4

TOTAL

360 h/a

20

 

 

4º Período

Componente Curricular

Carga Horária Anual

Créditos

Engenharia de Software

72 h/a

4

Projeto e Modelagem de Sistemas I

72 h/a

4

Programação Orientada a Objetos III

72 h/a

4

Ética Profissional, Legislação e Temas Transversais

72 h/a

4

Redes de Dados e Comunicação I

72 h/a

4

Banco de Dados III

72 h/a

4

TOTAL

432 h/a

24

 

 

5º Período

Componente Curricular

Carga Horária Anual

Créditos

Desenvolvimento de Sistemas para Web

72 h/a

4

Gerência de Projetos

72 h/a

4

Disciplina (OPTATIVA) Marketing Digital

72 h/a

4

Segurança da Informação

72 h/a

4

Redes de Dados e Comunicação II

72 h/a

4

TOTAL

360 h/a

20

6º Período

Componente Curricular

Carga Horária Anual

Créditos

Programação para Dispositivos Móveis

72 h/a

4

Qualidade e Teste de Software

72 h/a

4

Produção Científica

72 h/a

4

Rede de dados e comunicação II

72 h/a

4

Princípios de Sistemas Distribuídos

72 h/a

4

TOTAL

360 h/a

20

 

 

Resumo

Hora/Aula

Hora/Relógio

Componentes Curriculares Total

Componentes Curriculares Total

2304

2073,6 h/r

Atividades Complementares

80 h

TOTAL DE CARGA HORÁRIA

2304

2153,6 h/r

 

Avaliação:

O Projeto de Avaliação Institucional da FAAO foi constituído para proceder à auto-avaliação da Instituição, em atendimento às disposições da Lei nº10.861, de 14 de abril de 2004, que instituiu o SINAES, consoante as diretrizes estabelecidas pela CONAES.

A avaliação é um procedimento através do qual se verifica se os objetivos propostos foram alcançados, permitindo identificar os méritos e falhas dos mesmos. O Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas da FAAO apresenta três avaliações que deverão ser feitas no decorrer do curso, quais sejam: a) A avaliação dos alunos pela Instituição; b) A avaliação do corpo docente pelos alunos e pela Instituição; c) A avaliação da própria Instituição, de sua infraestrutura e instalações pelos corpos discentes e docentes.

Num primeiro momento, o processo avaliativo deve proporcionar ao aluno a possibilidade de manifestar os conhecimentos adquiridos nos componentes curriculares, assim como as competências e habilidades desenvolvidas, sempre visando os objetivos do Curso e o perfil desejado do egresso.

Sendo assim, o processo avaliativo deve ser claro, transparente e coerente com os conteúdos ministrados nestes componentes curriculares e com as competências e habilidades desenvolvidas; os instrumentos de avaliação são diversificados, englobando, tanto os de natureza quantitativa como qualitativa.

De acordo com o regimento interno da FAAO, a aprovação do aluno combina frequência e nota. A frequência mínima exigida é de 75% (setenta e cinco por cento) das aulas e atividades programadas. Não atingindo a freqüência mínima, o aluno é reprovado na disciplina, independentemente das notas obtidas.

Para as notas é adotada a escala de 0,0 (zero) a 10,0 (dez) com intervalos de meio em meio ponto. São fixados no calendário Escolar os períodos para duas provas bimestrais, e dois provões contendo 45 questões e exame final. É aprovado o aluno que, após as avaliações realizadas no primeiro e segundo bimestres de cada semestre letivo, alcançar média igual ou superior a 8,0(oito).

Tendo em vista esses pontos, o professor avaliará o aluno por meio de provas, testes, relatórios e outros instrumentos e formas de avaliação, escolhidos a seu critério e tendo em vista os objetivos e a natureza da disciplina. Os graus atribuídos em cada avaliação variam de zero a dez, com aproximação na segunda casa decimal.

A aprovação do aluno está condicionada às regras legais e institucionais, compondo frequência às aulas efetivamente ministradas e nota mínima para aprovação.

Comprometida com a qualidade de suas atividades e com vistas as disposições legais sobre a avaliação das Instituições de Ensino Superior, a FAAO empenha-se na concepção e na colocação e funcionamento de um Programa de Avaliação Institucional se assenta nas seguintes diretrizes:

Manter um processo de busca permanente e continuada de indicadores que subsidiem o desenvolvimento e o aperfeiçoamento institucional;

Promover um processo participativo, envolvendo, além dos administradores, o corpo docente e o alunado;

Tornar o processo revestido de transparência, não só por sua abertura à participação da comunidade acadêmica, mas também porque os procedimentos adotados e as informações obtidas serão postas ao alcance dos interessados;

Destinar os resultados da Avaliação ao aperfeiçoamento da FAAO no cumprimento de sua missão institucional, que será consequência da melhoria da capacitação docente e do processo de ensino e aprendizagem junto aos alunos;

Com a mesma seriedade, a avaliação institucional assenta-se em diagnósticos, através da aplicação de instrumentos de levantamento de dados e coleta de opiniões. A crítica e a análise dos elementos levantados, sobretudo no processo de comparação e avaliação dos desempenhos docente e discente, parte do pressuposto de que, no diagnóstico, serão identificados pontos críticos a serem corrigidos ou superados, como também os elementos necessários à preparação das intervenções nesses pontos.

O processo de avaliação institucional é coletiva, buscando-se as contribuições da comunidade acadêmica, dos dirigentes e do corpo técnico administrativo da FAAO, além de buscar e criar, no ambiente organizacional da FAAO, uma cultura de avaliação e de aperfeiçoamento institucional contínuo; – Realizar análises e formulação de recomendações, que levarão em conta variáveis internas à FAAO como também o contexto institucional externo.