FAAO - Faculdade da Amaznia Ocidental

Coordenador: Wilians Montefusco da Cruz

Modalidade: Seriado Anual

Atos Legais:

Autorização – Portaria MEC nº 913, de 27/11/2015, publicada no DOU em 30.11.2015.

Carga Horária: 4.320 horas.

Tempo de Integralização: Mínimo de 05 anos e Máximo de 09 anos.

Turno: Vespertino e Noturno.

Módulo: 200 dias letivos por ano

Número de vagas anuais: 90

Dimensão das turmas: Média de 45 alunos

Objetivo do Curso:

O curso de Engenharia Civil tem como objetivo a formação de um profissional Engenheiro Civil apto a contribuir para o desenvolvimento da engenharia nas suas diversas formas de intervenção, dentro dos campos de sua atuação profissional, quais sejam Construção Civil, Sistemas Estruturais; Geotecnia; Transportes e Hidrotecnia, fundamentado em sólida formação científica e tecnológica, visando ao atendimento das demandas sociais e ao respeito ao meio ambiente.

Perfil do Profissional:

O Curso de Graduação em Engenharia tem como perfil do formando egresso/profissional o engenheiro civil com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, capacitado a absorver e desenvolver novas tecnologias, estimulando a sua atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade (BRASIL, 2002) .

O Bacharel em Engenharia Civil ou Engenheiro Civil atua, de forma generalista, na concepção, planejamento, projeto, construção, operação e manutenção de edificações e de infraestruturas (rodovias, pontes, ferrovias, hidrovias, barragens, portos, aeroportos, entre outras). Em sua atividade, acompanha o desenvolvimento de obras de edificações e infraestruturas, elabora orçamentos, garante a padronização, realiza a mensuração e o controle de qualidade. Acompanha equipes de instalação, montagem, operação, reparo e manutenção de obras. Executa desenho técnico e se responsabiliza por análise, experimentação, ensaio, divulgação e produção técnica especializada. Coordena e supervisiona equipes de trabalho, realiza pesquisa científica e tecnológica e estudos de viabilidade técnico-econômica; executa e fiscaliza obras e serviços técnicos; efetua vistorias, perícias e avaliações, emitindo laudos e pareceres. Em sua atuação, considera a ética, a segurança, a legislação e os impactos sócio-ambientais (BRASIL, 2014).

  1. Matriz Curricular

1ª SÉRIE

Componentes Curriculares

C/H.

ANUAL

C/H

SEMANAL

CÁLCULO INTEGRAL E DIFERENCIAL I

144

4

DESENHO TÉCNICO

72

2

FÍSICA

144

4

GEOMETRIA DESCRITIVA

72

2

INFORMÁTICA APLICADA À ENGENHARIA

72

2

QUÍMICA

72

2

INTRODUÇÃO À ENGENHARIA

72

2

RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS

36

1

GESTÃO AMBIENTAL

36

2

PORTUGUÊS E REDAÇÃO TÉCNICA

72

2

Total 1º SÉRIE

792

23

2ª SÉRIE

Componentes Curriculares

C/H.

ANUAL

C/H

SEMANAL

ÁLGEBRA LINEAR E GEOMETRIA ANALÍTICA

72

2

CÁLCULO INTEGRAL E DIFERENCIAL II

72

2

CÁLCULO NUMÉRICO

72

2

COMPUTAÇÃO GRÁFICA

72

2

FENÔMENOS DE TRANSFERÊNCIA

72

2

MECÂNICA DOS SÓLIDOS

144

4

RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS

144

4

FÍSICA II

144

4

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL

144

4

TOPOGRAFIA

72

2

Total 2º SÉRIE

1.008

28

3ª SÉRIE

Componentes Curriculares

C/H.

ANUAL

C/H

SEMANAL

PORTUGUÊS E REDAÇÃO TÉCNICA

72

2

ESTATÍSTICA

72

2

HIDRÁULICA E HIDROLOGIA

72

2

TEORIA DAS ESTRUTURAS

144

4

BIOCLIMATISMO E CONFORTO AMBIENTAL

72

2

GEOLOGIA APLICADA

72

2

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, TELEFÔNICAS E LÓGICAS

144

4

PROJETO DE EDIFICAÇÕES

72

2

CÁLCULO NUMÉRICO

72

2

Total 3º SÉRIE

792

22

4ª SÉRIE

Componentes Curriculares

C/H.

ANUAL

C/H

SEMANAL

MECÂNICA DOS SOLOS (GEOTECNIA)

72

2

TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO

144

4

ESTRUTURAS DE CONCRETO

144

4

ESTRUTURAS DE MADEIRA

144

4

INSTALAÇÕES HIDROSSANITÁRIAS E COMPLEMENTARES

72

2

PROJETO DE RODOVIAS

144

4

ESTÁGIO SUPERVISIONADO

180

5

Total 4º SÉRIE

900

25

5ª SÉRIE

Componentes Curriculares

C/H.

ANUAL

C/H

SEMANAL

ERGONOMIA E ENGENHARIA DE SEGURANÇA

72

2

ESTRUTURAS METÁLICAS

72

2

FUNDAÇÕES E CONTENÇÕES

72

2

GESTÃO AMBIENTAL E DE RESÍDUOS SÓLIDOS

72

2

GESTÃO DE PROJETOS E OBRAS

72

2

PROJETO DE PONTES E VIADUTOS

72

2

PROJETO DE PORTOS, HIDROVIAS E BARRAGENS

72

2

SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA, ESGOTAMENTO SANITÁRIO E DRENAGEM

72

2

DISCIPLINA ELETIVA

72

2

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

72

2

Total 5º SÉRIE

720

20

Carga Horária do Curso

4.140

Atividades Complementares

180

CARGA HORÁRIA TOTAL

4.320

Avaliação:

O processo de avaliação da aprendizagem está previsto no regimento interno da FAAO e contempla os seguintes critérios:

  • Avaliação contínua e cumulativa do desempenho do educando, prevalecendo os aspectos qualitativos sobre os quantitativos e dos resultados ao longo do período sobre os de eventuais provas finais e bimestrais, incidindo sobre a frequência e o aproveitamento capacidade cognitiva.

  • Compete aos professores, durante o ano letivo, atribuir a cada disciplina quatro notas parciais que mensuram os conhecimentos adquiridos e mais uma nota de exame final.

  • O professor submete os alunos às formas diversas e continuadas de verificação de rendimento escolar tais como: projetos, estágios, relatórios, painéis, seminários, pesquisas bibliográficas e de campo, estudos de caso, monografia e outras formas de avaliação, cujos resultados devem culminar com a atribuição de notas representativas nas avaliações parciais.

  • As notas parciais e a nota de exame final devem ser expressas em grau numérico inteiro, de zero a dez. Considera-se aprovado o aluno que alcançar o quociente mínimo de frequência escolar (75%) e que obtenha o total de pontos igual ou superior a 20 nas quatro notas parciais de conhecimento e cuja média somada ao rendimento verificado no exame final resulte em média igual ou superior a cinco pontos.

  • Além de respeitada a frequência mínima de 75%, o aluno que obtiver média igual ou superior a oito pontos nas quatro notas parciais de conhecimento será dispensado da realização do exame final.

  • É considerado reprovado o aluno que não obtiver na soma das quatro notas parciais de conhecimento, um total mínimo de 20 pontos;

  • O sistema de avaliação admite aprovação em até duas disciplinas de série anterior.

  • O processo de avaliação é orientado para a realimentação do esforço do educando na medida em que os resultados das atividades de avaliação são discutidos, a fim de servirem para orientar o seu esforço de aprendizagem. Indica erros e limitações, sugere rumos e adverte o educando sobre os riscos de desempenho escolar.