3ª Edição do projeto “FAAO na Comunidade”

A Faculdade da Amazônia Ocidental – FAAO e Defensoria Pública do Estado do Acre, registram quase 8 mil atendimentos, nesta sexta-feira, 14, na realização da 5ª Edição do projeto “Defensoria ao seu lado, cidadania mais perto de você” e da 3ª Edição do projeto “FAAO na Comunidade”

, realizado na Escola Estadual Pedro Martinelo, no Bairro Montanhês.

A ação promovida pela Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE/AC), através do Núcleo da Cidadania e a Faculdade da Amazônia Ocidental (FAAO), foi registrada através do Termo de Compromisso nº 01/2018, que tem como objetivo o fortalecimento das práticas sociais vivenciadas por ambas as instituições, entregando valor a comunidade e levando cidadania a população acreana. “O objetivo desse trabalho é promover direitos, levando cidadania e dignidade a todas as pessoas menos favorecidas”, destacou o Coordenador do Núcleo da Cidadania da DPE/AC, Celso Araújo.

Assistido no atendimento médico, José Marcelo Silva da Rocha falou sobre a importância da ação. “É muito importante porque diminui muito a burocracia, muitas vezes nós da comunidade, temos dificuldade para ter acesso a esses tipos de serviços, então essas ações nos ajudam muito”, disse.

“A FAAO acredita que a transformação social acontece por meio desse tipo de ação, que tem como finalidade levar a extensão da prática acadêmica e atender toda a comunidade, através dos serviços que já são oferecidos de forma permanente pela instituição”, disse o Coordenador do Núcleo de Pós-Graduação da FAAO, Esterferson Rocha.

A ação social contou com diversos serviços e com a atuação de parceiros fundamentais para ampliação de atendimentos.

Atendimento jurídico cível e criminal; Atendimento médico; Emissão da 1ª via do RG; Atendimento psicológico; Vacinação e Testes Rápidos, Atendimento e cadastro do Bolsa Família; Balcão de negócios “Como iniciar seu próprio negócio”; Orientação financeira e planejamento familiar; Espaço reservado para as crianças com mala de leitura, jogos didáticos, músicas infantis e contação de estórias, foram alguns dos serviços disponibilizados à comunidade. Além de corte de cabelo; Atividades recreativas; Cinema com pipoca; Teatro; Venda de produtos regionais: bolos, salgados, etc. Orientação e cadastro quanto às vagas de empregos; Conserto de computador e notebook; Oficina de reciclagem; Palestras e rodas de conversas com diversas instituições.

Parceiros: Nesta edição o projeto contou com a parceria do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), 4º Batalhão de Infantaria de Selva (4º BIS), Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre (CBMAC), Polícia Militar do Estado do Acre (PMAC), Instituto Dom Moacir (IDM), Central de Serviço Público (OCA), Senac, Sine, Ótica Brasil, Supermercados Araújo, Miragina e Casa de Carne Floresta. A ação também contou com o apoio do Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), Secretaria Estadual de Educação (SEE), Secretaria de Estado de Pequenos Negócios (SEPN), Secretaria de Estado de Políticas para as Mulheres do Acre (SEPMulheres), Secretaria de Estado de Saúde (SESACRE); Prefeitura de Rio Branco, através da Secretaria Municipal de Educação (SEME), Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social (SEMCAS) e Casa Rosa Mulher.